Hoje em dia somos cobrados e nos cobramos o tempo todo. Acordar cedo, ter refeições saudáveis, se atualizar, ser produtivo, praticar atividades físicas e ainda tem que sobrar tempo para passarmos com nossos familiares (e assistir um MasterChef de vez em quando, não é mesmo?).E haja energia e tempo para dar conta de tudo isso.

Diante de tantas cobranças, é muito comum deixarmos de lado o cuidado com o nosso corpo e as consequências acabam chegando uma hora ou outra.

Um exemplo é a falta de atividade física, chamada de sedentarismo, que segundo a ONU é a principal causa de morte para de 300 mil pessoas ao ano, somente aqui no Brasil.

Ou seja, já passou da hora de darmos devida atenção às atividades físicas que são primordiais para o bom funcionamento do nosso organismo.

Pensando nisso, fizemos esse artigo pra explicar direitinho os benefícios e a sua importância na manutenção e promoção à saúde. Vamos lá?

 

O que é considerado uma ‘atividade física’?

 

A atividade física segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) é todo e qualquer movimento do nosso corpo que tem como resultado um gasto de energia acima do nível do repouso.

Movimento corriqueiros como lavar vasilha, dar uma faxina na casa ou subir escadas já são atividades físicas então, o importante é não ficar parado pois a prática de pelo menos 30 minutos por dia já faz a pessoa deixar de ser sedentária.

Veja detalhadamente a frequência de atividade em relação a faixa etária segundo a OMS.

tabela atividade física

Tabela de frequência de atividades físicas segundo a OMS

O exercício físico também faz parte das atividades físicas, porém tem um conceito diferente. Ele é feito com repetições sistematizadas de movimento com um objetivo específico.

Exemplo disto é a musculação, onde as pessoas fazem movimentos repetitivos utilizando pesos, ou aparelhos que compõe uma seção com um objetivo claro, como ganho ou perda de massa ou ainda fortalecimento da musculatura.

A prática diária de atividades físicas traz benefícios que vão além de perder gordura ou ganhar massa corporal. Podem influenciar diretamente no nosso metabolismo, funcionamento do nosso cérebro e até em melhorias psicológicas.

 

Benefícios da atividade física

 

A atividade física é um dos hábitos mais saudáveis que se pode obter e traz benefícios significativos para a saúde, como:

  • melhoram o condicionamento muscular e cardiorrespiratório;
  • aumentam a saúde óssea e funcional;
  • reduzem hábitos não saudáveis;
  • previnem o ganho de peso;
  • fazem manutenção do peso perdido.
  • reduzem o risco de hipertensão, doença cardíaca coronária, AVC, diabetes, câncer de cólon e de mamas e depressão;
  • reduzem o risco de quedas (principalmente em idosos) , bem como de fraturas de quadril ou vertebrais;
  • são fundamentais para o balanço energético e controle de peso.

Além disso, a atividade física atua no sistema neurológico estimulando a produção de novas células no cérebro, ajudando no raciocínio, memória, autoestima e o humor. Este evento é denominado como neurogênese. Se quiser se aprofundar no assunto, recomendo dar uma lida neste artigo.

Durante a realização das atividades físicas o cérebro libera substâncias chamadas endorfinas que visam relaxar e nos preservar da dor, proporcionando prazer. Elas tem o objetivo de potencializar o funcionamento do organismo, especialmente do sistema nervoso e contém uma potente ação analgésica . Ao ser liberada proporciona a sensação de prazer, saciedade, bem-estar físico e psicológico.

Um artigo publicado na revista científica Frontiers in Human Neoroscience sobre a relação da atividade física x criatividade comprovou que a prática de exercícios ajuda nos pensamentos convergentes (pensar em uma única solução para o problema) e divergentes (pensar em várias soluções para o problema) proporcionando maior criatividade.

A atividade física é um fator muito importante para a saúde, porém, para que todos estes benefícios sejam visíveis é necessária certa cautela em sua realização, evitando assim possíveis malefícios.

 

Possíveis malefícios da atividade física em excesso ou sem orientação

 

O excesso de atividades físicas sem controle pode levar as chances de lesões, infecções respiratórias, fibrose, arritmia cardíaca e até parada cardíaca.  

Portanto, sempre busque se exercitar de forma regular e nunca force o corpo muito além do que está conseguindo.

Para evitar um desgaste desnecessário do seu corpo, você pode contar com acessórios tecnológicos que monitoram a sua atividade física, medindo seus batimentos cardíacos, queima de calorias e pressão arterial, para que você consiga entender melhor os seus limites, respeitar seu corpo e melhorar seu treino a cada dia, de forma saudável.

Pulseiras inteligentes como a da LinCare, permitem que você faça tudo isso em tempo real, além de monitorar a qualidade do sono, que também influencia diretamente na sua saúde e bem-estar.

Além disso é fundamental sempre contar com a ajuda de profissionais e especialistas na área do exercício escolhido para garantir sempre o melhor aproveitamento possível da atividade física, independente do exercício escolhido.

 

Quais são as opções de atividade física?

 

Geralmente quando esse assunto é abordado a primeira coisa que vêm à cabeça é a academia, o que gera inibição em muitas pessoas que não gostam desse tipo de ambiente ou exercício.

Porém existem inúmeras opções para você não ficar parado. O que não pode é fazer exercícios sem nenhum prazer ou motivação pois o corpo, a mente e alma estão todas ligadas ao bem-estar e, no longo prazo, acabamos nos boicotando e abandonando a prática aos poucos.

Para facilitar, separamos alguns:

  • caminhada, corrida, cooper, atletismo;
  • capoeira, judô, jiu jitsu, taekwondo, boxe, esgrima;
  • patins, bicicleta, skate;
  • vôlei, futebol, handebol, basquete, tênis;
  • natação, surf, canoagem, polo aquático, vela;
  • dança do ventre, dança de salão, twerk, ballet, zumba;
  • exercícios em vídeo (no youtube tem várias aulas guiadas :D)
  • slackline, escalada, rapel;
  • levantamento de peso, crossfit;
  • yoga, pilates.

 

A lista é longa e o número de opções só tem aumentado ultimamente então oportunidade para se manter ativo e ainda se divertir é o que não falta. Tem opção para todos os bolsos, todas as rotinas e gostos, o que não pode é ficar parado e cair no sedentarismo.

 

O que é a inatividade física ou sedentarismo?

 

A inatividade física, conhecida como sedentarismo, é o quarto principal fator de risco de mortalidade global, cerca de 3,2 milhões de pessoas morrem a cada ano segundo a OMS, perdendo somente para fatores como a pressão alta, consumo de tabaco e da elevação da glicose no sangue.

Uma pesquisa realizada em 142 nações pela revista médica The Lancet relatou que o gasto com a inatividade física chega a ser de 67,5 bilhões de dólares no ano. No Brasil foram 3,62 bilhões de dólares e uma das principais causas para o aumento da mortalidade causada por doenças do sistema circulatório.

Um estudo de feito na Universidade de Cambridge demonstrou que o sedentarismo pode matar praticamente o dobro de vezes mais que a obesidade. Isso é um alerta para as pessoas que tem o pensamento que estar magro é o suficiente para estar saudável, e o estudo mostra totalmente o contrário, eles têm riscos ainda maiores de problemas de saúde.

Logo, a falta de atividade física é a principal causa de aproximadamente:

  • 21–25% dos cânceres de mama e cólon;
  • 27% da diabetes;
  • 30% das doenças cardíacas isquêmicas.

Pessoas que praticam pelo menos 30 minutos de atividade física moderada regularmente evitam o risco de morte de 20 a 30%. Logo torna-se um objetivo geral da saúde mundial o estudo do sedentarismo e estratégias para sua redução.

 

Motivos para a inatividade física

 

Com as mudanças constantes da sociedade, a forma com que a população conduz sua vida também está mudando. Com o uso da tecnologia para otimizar as atividades do dia a dia as pessoas têm maior comodidade, porém este motivo tem contribuído para o alto índice de sedentarismo ao redor do mundo.

Segundo a OMS cerca de 31% dos adultos com 15 anos ou mais não praticaram atividade física suficiente no ano de 2008. Os países de alta renda possuem baixo índice de atividades físicas, o que causa milhões de mortes por ano, ao contrário dos países de baixa renda

Isso se explica pelo estilo de vida distinto entre estas classes que refletem diretamente na sua saúde e bem-estar.

O estilo de vida no geral é um fator relevante se tratando do sedentarismo. O tipo de trabalho, os meios de transporte bem como a urbanização das cidades podem influenciar as pessoas a se exercitarem.

Existem outros fatores que devem ser levados em consideração:

  • a violência faz com que as pessoas evitem as ruas e praças, prejudicando assim as atividades ao ar livre;
  • ambiente propício para a inatividade dentro de casa com vídeo games e internet;
  • alimentação excessiva;
  • poluição a qualidade do ar e a circulação nas cidades;
  • incentivo das cidades na produção de parques, centros esportivos e de atividades em geral para mudança de rotina das pessoas em geral.

É claro que as cidades necessitam de melhoria para incentivo das atividades físicas, mas será que vale a pena continuar sedentário e esperar o governo tomar ações? Como podemos ser mais independentes e dar nosso primeiro passo rumo a uma melhor qualidade de vida?.

 

Como iniciar a atividade física?

 

Não existe receita de bolo, nem simpatias, o negócio é tirar os pés no chão e começar agora! A solução do sedentarismo está na mudança de pensamento da população geral a respeito do tema.

Por isso, é necessário a introdução de hábitos saudáveis na rotina diária como:

  • caminhar, pedalar e priorizar transportes ativos.
  • para crianças e adolescentes é importante desfrutar de espaços para esportes nas escolas e também na cidade em geral que proporcionem as atividades.
  • tente se exercitar também no horário do serviço, buscando uma rotina mais dinâmica.

Ou seja, faça tudo aquilo que lhe der prazer e lhe traga benefícios. O primeiro passo é começar, depois compensar na dedicação.

Agora que você já entende a importância da atividade física de forma regular para melhoria da saúde e bem-estar, que tal começar a aplicar as dicas? Coloque um tênis e uma roupa confortável e comece a se exercitar agora mesmo!

Você pode começar fazendo caminhadas leves todos os dias e ir aumentando conforme seu ritmo. Ou, se preferir, procure uma escola de dança ou luta e faça exercícios em grupo, assim, você aproveita pra conhecer outras pessoas que também compartilham daquele mesmo interesse e que passaram por um início similar ao seu.

Só não esqueça de sempre se manter hidratado e respeitar os limites do seu corpo, especialmente se tiver alguma alteração brusca de pressão.

Quer entender um pouco mais sobre pressão arterial e os impactos dela na sua saúde? Confira esse artigo completo que fizemos especialmente para você!

 

Escrito por Lucas Costa
Designer de produto, complexo e apaixonado pelo Design com o foco no ser humano. Utilizo o Marketing Digital, Inbound Marketing juntamente com minha experiência de 6 anos na área da saúde para produzir informações úteis e importantes para o cotidiano das pessoas. Fã número um de vídeos de mágica, séries dramáticas, filmes antigos, temperos diferentes e danças sensuais transformo tudo em ideias para pautas.