relogio-biologico

Nossa vida na terra é determinada pelo tempo, mas você já imaginou como seu corpo sabe que horas são? No artigo de hoje veremos a influência do relógio biológico em cada hora do seu dia e como podemos fazer para explorar o melhor desempenho do nosso corpo.

A  vida moderna tende a abusar do corpo o tempo inteiro. Temos um sistema exclusivo mas passamos por cima dele e ignoramos. Você vai optar em ouvir seu corpo ou sofrer as consequências?

O que é o relógio biológico?

As curiosidades a respeito do funcionamento do nosso corpo em relação ao sono sempre foram pautas. Em 1962 o geólogo francês Michel Cifre  fez alguns experimentos debaixo da terra para verificação em relação a sua rotina (acordar,dormir,alimentar, entre outras funções) com as influências externas. E a conclusão foi que o ser humano possui seu próprio controle interno: o relógio biológico.

Esse relógio diz quando devemos fazer tais coisas como dormir, acordar, beber e comer. Ou seja, determina seu ritmo. Mas como é esse ritmo e como o corpo se comporta ao longo do dia? É isso que verificaremos a seguir:

relogio-biologico-periodo-manha

Funcionamento do relógio biológico entre 6 às 8 horas da manhã

A idade afeta que horas acordamos de manhã, começamos a vida como matutinos ( pessoas  que  preferem acordar cedo e ficam sonolentas quando passa do seu horário de dormir), perto dos 10 anos de idade começamos a nos atrasar e seguimos assim na adolescência. Na casa dos 20 anos começamos a dormir ligeiramente mais cedo e finalmente aos 55 anos vamos para a cama na mesma hora que dormíamos aos 10 anos.

Entre 13 e 21 anos acordamos mais tarde do que qualquer outra época de nossa vida. Diante disso, aquela visão negativa que temos sobre os adolescentes não é verdade, pois eles não são tão preguiçosos, eles possuem uma predisposição biológica. Todo esse funcionamento específico pode influenciar no aprendizado. Logo, se conseguirmos adaptar o horário escolar com o horário de melhor funcionamento do organismo, melhor será para a absorção de conhecimento.

relogio-biologico-manha

 

Funcionamento do relógio biológico entre 8 às 10 horas da manhã

Nessa hora do dia, o corpo funciona de uma forma bem específica. Exemplo disso é que o maior aumento da pressão ocorre nas primeiras três horas depois que acordamos que é geralmente entre 8 e 11 da manhã. Com isso é mais provável que esse aumento na pressão, leve a um depósito de gordura nos vasos sanguíneos, o que os leva a se romper e bloquear o fluxo do sangue para o coração.

Os vasos não se dilatam tão bem pela manhã, comparando-se a dilatação da tarde e da noite. Quando os vasos não se dilatam há um aumento de esforço no suprimento do sangue para o coração e, consequentemente, a pressão sobe. Outro fator que também muda com a hora do dia é a viscosidade do sangue (resistência que um fluido oferece ao escoamento), nas primeiras horas da manhã ele é mais viscoso. Há mais resistência nessa hora. 

Sangue viscoso + mais pressão sanguínea + vasos rígidos

O pico desses três componentes do relógio biológico na mesma hora do dia deixa o coração mais vulnerável. Informação muito importante para pessoas com alterações cardíacas.

 

3x mais chances de se sofrer um ataque cardíaco durante o perigoso horário das 6 horas da manhã ao meio dia, do que outros horas do dia. Para pessoas com risco de ataque cardíaco o período da manhã é perigoso.

Já em relação a atividades físicas, aumentar o nível em momentos específicos podem ser benéficos, uma vez que exercícios à tarde reduzem a pressão de 10% a 11%. Enquanto exercícios pela manhã não alteram a pressão, na verdade pode haver um pequeno aumento.

Apenas mudando a hora do dia que você se exercita talvez seja possível reduzir a pressão sanguínea de forma significativa. Não precisa ser um exercício intenso, para uma pessoa que já tem hipertensão, até caminhar pode causar uma redução.Então vá com calma nas horas perigosas da manhã. Deixar os exercícios para depois do almoço pode compensar.

relogio-biologico-de-manha

Funcionamento do relógio biológico entre 10 às 12 horas da manhã

A cada hora do dia todo nosso corpo é inteiramente influenciado pelo relógio biológico. Não só nossa fisiologia é controlada por este relógio. Ele também controla o cérebro quando pensamos com eficácia, quando concentramos ou somos criativos. Se precisar estar no melhor de seu desempenho, prestando atenção às coisas, seria entre 10 e 12 horas. É o nosso auge em termos de raciocínio.

Há vários modos de o relógio controlar as funções do cérebro e o estado de vigilância. Um deles é controlar a produção do hormônio cortisol, que causa efeito de vigília sobre o cérebro. Sua produção é mais alta pela manhã sobre o controle do relógio biológico, seu nível no organismo e é o que causa o estado de sonolência.

Somos projetados para dormir duas vezes por dia . Um sono mais longo à noite e outro no começo da tarde, chamado de “queda pós almoço”. Ocorre uma diminuição natural no nosso estado de vigilância, e fica pior para quem dorme mal a noite. Essa diminuição pode causar aquelas pescadas no escritório depois do almoço chamadas de microssono.

Pesquisas mostram que 25% dos acidentes de automóvel são causados pelo microssono. É 3x mais provável dormir ao volante as duas da tarde que as 6 da tarde. Uma dica para evitar esse incidente é tomar um café e tirar um cochilo de 15 minutos.

relogio-biologico-tarde

Funcionamento do relógio biológico entre 14:00 às 16:00

O relógio biológico se encontra no fundo do cérebro, não muito maior que um grão de arroz. O relógio biológico central é um grupo de células controladas por um conjunto único de genes, durante 24 horas esses genes se ligam e desligam alternadamente marcando o tempo e dizendo o que fazer para o restante do corpo. A melhor analogia seria como um maestro de orquestra que marca um ritmo regular no qual todos os músicos têm sua deixa. Como resultados há uma sintonia e não uma cacofonia.

Descobertas recentes mostram que o relógio mestre do cérebro não está só. Há relógios presentes em quase todo o corpo. No coração, nos pulmões, no fígado, nos rins, em qualquer lugar deve haver um relógio batendo lá. Diante disso há possibilidade de utilizar essa informação para combater algumas patologias como o câncer. Verificar o horário menos ativo do órgão para a administração da quimioterapia danifica menos células boas. 5 x menos células saudáveis, 2x mais eficaz em matar células cancerosas.

Quando se trata de atividades físicas há diferentes desempenhos dependendo da hora do dia, os maiores recordes são de tarde ou noite. Uma explicação para isso é que a temperatura corporal é mais alta à tarde e à noite do que pela manhã. É provável que a variação natural da temperatura atue como um aquecimento pré-corrida ou pré exercício, o que revela os recordes nesse horário específico.

O interessante de tudo isso é que para atletas de alto rendimento o relógio biológico faz uma diferença enorme. O tipo de diferença que vence olimpíadas ou deixa alguém fora do pódio.

relogio-biologico-noite

Funcionamento do relógio biológico entre 18:00 às 20:00

Durante esse horário você sabe que é hora de desacelerar mas sua temperatura está alta e o relógio biológico em seu horário nobre. É a hora que você anima fazer um happy hour.

O efeito do álcool muda de acordo com a hora, se você beber uma quantidade fixa de álcool por dia, o nível em seu sangue será o mesmo, mas o efeito no cérebro será diferente. O álcool tem mais efeito no cérebro quando o relógio biológico está mais sonolento. Se você beber duas doses de bebida alcoólica no almoço você sentirá sono à tarde. Já bebendo as mesmas duas doses à noite, quando o relógio biológico está no ponto alto, nem irá notar. A melhor hora para beber, parece ser o fim da tarde e o começo da noite, quando podemos lidar com o álcool, apreciá-lo com efeito mínimo na capacidade cognitiva.

Porém fique alerta, se você beber quantidades excessivas irá destruir tudo isso!

 

Sobre alimentação em diferentes horários

Níveis de glicose no sangue indicam a eficiência do corpo em limpá-la e guardá-la para uso futuro. Se seu nível é alto após a refeição isso indica que corre o risco de desenvolver diabetes. Existe até um exame para verificação dessa alteração que se chama glicose pós prandial.

Maiores níveis de glicose no sangue podem ser explicados pelo ritmo do relógio biológico do hormônio insulina, que ajuda a remover a glicose do sangue e guardá la em outro lugar do corpo. A insulina não funciona bem à noite. Nessa hora do dia, o corpo está preparando para dormir e não para comer.

A tendência  de jantar cada vez mais tarde se opõem ao que o corpo tende a fazer, e pode trazer consequências sérias para a saúde. É importante comer de acordo com nosso relógio biológico.

relogio-biologico-noite-

Funcionamento do relógio biológico entre 20:00 às 22:00

Após um dia cheio de atividades o relógio biológico começa a desacelerar. Quando a noite cai, você pode se sentir cansado e começar a pensar em dormir, mas assim como acontece pela manhã, os matutinos e vespertinos podem funcionar em horários diferentes.

Há um modo de engajar seu relógio biológico para sincronizá-los com os de outras pessoas a sua volta. Isso porque algo fora do corpo desempenha um papel decisivo no controle de nosso tempo interno. Esse engajamento não tem relação nenhuma com seu despertador e está conosco desde a aurora dos tempos. A luz. Ela é o fator externo que mais afeta a regulagem do nosso relógio biológico interno.

O modo da luz controlar o corpo é passando pelo fundo dos olhos e pelos nervos ópticos até o cérebro. Os impulsos luminosos disparam elementos químicos nas células do relógio.  Assim, o ciclo de 24 horas se ajusta para frente ou pra trás… se atrase ou se adiante, para chegar a exatas 24 horas.

A luz que ajuda a todos a funcionarem no mesmo sistema temporal tem maior impacto sobre o relógio biológico em certas horas do dia. Os momentos importantes são ao amanhecer e ao anoitecer ou ao pôr do sol. Receber luz nessas horas quando o relógio é mais sensível torna o seu impacto maior.

Expor-se a luz da manhã o ajudará a adiantar o seu relógio e acordar mais cedo. Por outro lado, a noite atrasará a hora que você começa a sentir sono, permitindo que seja mais ativo à noite.
Com esse conhecimento a luz poderá ajudá-lo a se ajustar ao estilo de vida desejado.

relogio-biologico-madrugada

Funcionamento do relógio biológico entre 22:00 às 3 da manhã

Agora que o sol se pôs o seu relógio biológico deve estar lhe dizendo para agendar seu sono diário. Mas para um grupo da sociedade, falar é mais fácil do que fazer. Quase um terço das pessoas acima dos 65 anos têm dificuldade para dormir.

O sono dos idosos

O sono dos mais velhos é fragmentado. Eles dormem, acordam, dormem de novo. Geralmente, no começo da manhã acordam antes do que querem.

Os cientistas creem que esse problema está ligado ao relógio biológico envelhecido. Não se sabe porque o relógio não funciona bem com o tempo, mas a biologia dá uma pista sobre o que está por trás dessas mudanças. Apesar do número de células cerebrais do relógio não mudar, menos delas estão ativas. O problema de um relógio biológico envelhecido, complica-se ainda mais com o estado deteriorado da visão dos idosos.

A densidade e a espessura do cristalino aumentam e deixam entrar menos luz. Quanto menos luz entrar pelos olhos, menor é o sinal que chega ao relógio biológico. Assim, ele não fica sincronizado com a luz do dia como acontece com um jovem. 

Estudos sobre idosos com Alzheimer e demência

Idosos com quadros de Alzheimer possuem durante a noite períodos curtos de sono ( raramente são maiores que 15 minutos), é um sono fragmentado. Esse padrão de dormir e acordar causa mais sintomas depressivos, agitação e irritabilidade. Características que causam muito impacto em sua vidas.

No relógio biológico desses idosos as células ainda existem, mas estão inativas. Sabe-se que a luz solar normalmente ativa essas células do relógio biológico e, pensando nisso, casas de repouso buscam alternativas para reativa-las proporcionando mais luz.

A mudança de iluminação em casas de repouso foi uma dessas alternativas, de modo com que pacientes com Alzheimer recebessem até 3x mais luz durante o dia. Todo esse experimento foi feito por 3 anos, fazendo o acompanhamento de padrões de sono, humor, desempenho cognitivo e atividades diárias. Os resultados superaram todas as expectativas.

Esperava-se mudanças nos padrões de sono, mas o efeito em outros sintomas também foi enorme. Por exemplo, os sintomas depressivos foram muito menores. O desempenho cognitivo e a memória estavam muito melhores, também atividades diárias como almoçar ou abotoar camisa ficaram menos difíceis para as pessoas que recebiam luz. É uma lista impressionante de melhoras e se iguala ao que pode ser conseguidos com remédios disponível para pacientes com Alzheimer.

A melhora conseguida com remédios é comparável à conseguida com a luz. Com os remédios, há efeitos colaterais, como náusea. Por outro lado, com a luz, o humor também melhora. Podemos comparar os efeitos da luz ao de duas drogas, uma para cognição e memória e outra para o humor. É um passo importante para o tratamento do mal de Alzheimer.

Mais uma boa notícia, outros idosos também podem se beneficiar da luz do sol. Os resultados são entusiasmantes. Pode ser um modo de melhorar o sono dos idosos em seu próprio lar, sem medicação. A medida que a relação entre a luz e nossos ritmos internos é bem mais compreendida, aumenta as possibilidades de melhorar nossas vidas simplesmente aproveitando o poder natural do nosso relógio biológico.

relogio-biologico-madrugada-dia

Funcionamento do relógio biológico entre 3:00 ás 6:00 da manhã

No meio da noite o relógio biológico chega ao ponto mais baixo do ciclo de 24 horas.

Quando adentramos a noite, a temperatura do corpo cai, a pressão do sangue também, a viscosidade a densidade do sangue aumenta. Estamos nos preparando metabolicamente para o descanso e chegamos ao ponto baixo da atividade metabólica por volta das 4 horas da manhã.

Apesar de a biologia nos dizer para ir dormir, mais de 4 milhões de nós, estão acordados e trabalhando. Estudos em todo mundo mostraram que essa incompatibilidade entre o estilo de vida e biologia pode exigir um esforço enorme. A vida moderna tende a ignorar o relógio biológico. Pesquisas afirmam que a incidência de câncer é mais altas em trabalhadores noturnos. Além de problemas mentais, doenças cardiovasculares e várias outras patologias. É um bom exemplo de onde a fisiologia está sendo forçada além do normal.

Em pessoas mais velhas ou doentes, são nessas horas mais calmas entre 2h e 4h da manhã, quando o corpo está ligado no mínimo, que elas tendem a deixar esse mundo. Mas nem tudo é ruim, essa hora da noite é conhecida pelo um dos eventos mais milagrosos do ser humano. Mais bebês nascem naturalmente entre 3 e 5 da manhã do que em qualquer hora do dia. A essa hora, o corpo está mais relaxado, a temperatura é baixa , a sensação de dor também. Logo é uma boa hora para dar a luz.

E desde nossa primeira respiração, nosso ritmo natural é influenciado pelo mundo moderno.

O fim do ciclo do relógio biológico

Quando nossas 24 horas chegam ao fim, o ciclo do relógio biológico termina, a agenda do dia perfeito está completa. A ciência do relógio biológico mostrou como fazer o que o corpo deseja em casa hora do dia. Desconsiderar o relógio biológico é tolice em todos os níveis. É um relógio lindamente orquestrado que ativa vários sistemas diferentes, é uma peça de maquinário fantástica, que controla o que fazemos e como fazemos, e sabendo como funciona, podemos ajustá-los para nossa vantagem.

 

O que você achou do artigo? Deixe um comentário e aproveite para conhecer a pulseira de monitoramento da LinCare, que pode lhe auxiliar a conhecer melhor o seu corpo inclusive o seu relógio biológico. Vai ficar fora dessa?

 

Artigo traduzido e adaptado do documentário: “Segredos do Relógio Biológico”

 

Escrito por Lucas Costa
Designer de produto, complexo e apaixonado pelo Design com o foco no ser humano. Utilizo o Marketing Digital, Inbound Marketing juntamente com minha experiência de 6 anos na área da saúde para produzir informações úteis e importantes para o cotidiano das pessoas. Fã número um de vídeos de mágica, séries dramáticas, filmes antigos, temperos diferentes e danças sensuais transformo tudo em ideias para pautas.